Os 10 modismos de novela que fizeram mais sucesso

mar 02, 2011 No Comments by
Os melhores, os piores, os mais influentes ou maiores fracassos?

Os melhores, os piores, os mais influentes ou maiores fracassos?

Nestes últimos dias, com as semanas de moda acontecendo e agora fechando o calendário com a Alta Costura em Paris, anda meio difícil conseguir tempo para postar mais seguido. Mas como a gente adora moda e adora novela, resolvi reproduzir uma lista montada há alguns meses pela revista Veja que enumera os 10 modismos de novela que mais fizeram sucesso. Mesmo que você já tenha lido esta divertida lista na revista, o clima de “vale a pena ver de novo” me deixou com vontade de publicá-la, pois ela é, na minha modesta opinião, pouco “precisa”. O texto original é da jornalista Milene Chaves e os comentários são meus, porque um argumento desses não dá para passar sem a gente dar pitaco em cima!

10 – As meias de lurex, em Dancing Days

10 – As meias de lurex, em Dancing Days

” O ano era 1978 e a disco music se estabelecia como gênero musical do momento. Na discoteca fictícia Frenetic Dancing Days, o legal era dançar com sandália de salto alto, usada com meias coloridas de lurex. O sucesso do look foi tão grande que o assunto foi parar na famosa revista americana Newsweek, que abordou a influência da novela sobre os hábitos de consumo dos brasileiros”

NFW: Nem tem o que comentar aqui, quem não teve sua meinha lurex que atire a primeira pedra.

9 – O brinco de sandra, em Água Viva

9 – O brinco de sandra, em Água Viva

“Sandra (Glória Pires) inaugurava na novela de 1980 o que viria a ser uma moda típica dessa década: o brinco de um lado só. Outro modelo usado pela personagem, par de Kadu Moliterno, tinha forma de raio (detalhe), feito de ouro e assinado pelo joalheiro Antonio Bernardo, que emplaca joias que são hits em novelas até hoje. O item foi sucesso de venda – e de cópia, evidentemente.”

NFW: Esse brinco tinha era que estar em primeiro lugar, pois olhem o que esse raio é de moderninho até agora? Ok, não precisaria ser de um lado só, mas confirma a longevidade (e genialidade) das peças criadas por  Antonio Bernardo.

8 – As faixas da viúva Porcina, em Roque Santeiro

8 – As faixas da viúva Porcina, em Roque Santeiro

“Das músicas aos bordões, tudo era marcante nessa novela de 1985, feita de tipos caricatos como a exagerada viúva Porcina. Seu visual levava muito pano e estampa, maquiagem forte e, principalmente, enfeites de cabeça, como turbantes e faixas. Esta última ganhou versão de tricô e era vendida em camelôs. Com nó como enfeite, tornou-se a versão usável do Porcina’s look, como ficou conhecida a extravagância da personagem vivida por Regina Duarte.”

NFW: Não há nada como a moda lançada por um personagem para determinar o sucesso de uma novela e Roque Santeiro arrasou quarteirão. Mas eu confesso não lembrar da tal faixa em versão de tricô, o que eu lembro ( mas queria mesmo era esquecer) eram aquelas cabeças todas montadas em tops de tule em cores “cítricas”…

 

7 -A franja de Solange, em Vale Tudo

7 -A franja de Solange, em Vale Tudo

“Por causa da profissão, de editora de moda, a personagem Solange, vivida por Lídia Brondi, precisava se destacar na caracterização. Tarefa cumprida com simplicidade: o cabelo ganhou uma franja e a cor avermelhada – tudo devidamente imitadíssimo nos salões de beleza nacionais. Junto com os palitos para prender coques, o look definia o ar dos tempos de 1988, ano em que a trama foi veiculada.”

NFW: Com a atual reprise da novela no canal Viva, dá ainda mais saudade. Não tinha como não amar esse look: novela de sucesso + atriz carismática + personagem querido do público = moda que pega

6 - O vampirismo de Natasha, em Vamp

6 - O vampirismo de Natasha, em Vamp

“A pacata e fictícia Armação dos Anjos, RJ, ficou infestada de vampiros em 1991. A mais famosa deles era a cantora Natasha, interpretada por Claudia Ohana. Seu visual roqueiro-vampiresco agradou aos adolescentes, que imediatamente adotaram a maquiagem carregada, com direito a batom cor de vinho, os colares de crucifixo ou caveira, o esmalte bem escuro e muito, muito preto”

NFW: Desculpem, mas depois da saga teen Crepúsculo no cinema, não tem mais paciência que aguente falar qualquer coisa ainda sobre vampiros. A Natasha até que fez sucesso e o mercado se não sabia, já aprendeu: look vampiro vende. Sempre.

5 -A estética de Babalu, em Quatro por Quatro

5 -A estética de Babalu, em Quatro por Quatro

“Letícia Spiller estourou nessa novela, de 1994. Sua Babalu era carismática e despachada, mas imbatível mesmo era a caracterização dessa manicure carioca suburbana, meio vulgar, mas de bom coração. A receita: tops que deixavam barriga e ombros à mostra, usados com micro-saias ou micro-shorts e margarida artificial nos cabelos – esta, febre de camelô (no detalhe).”

NFW: Bom, aqui tive que pedir uma “assessoria” para Inêz, porque eu não morava no Brasil na época e não vi a novela, mas ela me garantiu que o estilo da personagem bombou mesmo e tem razão para estar no número 4 no nosso ranking mas…margarida artificial nos cabelos…?

 

4 - As sainhas de Darlene, em Celebridade

4 - As sainhas de Darlene, em Celebridade

“Assim como a Babalu de Quatro por Quatro, a Darlene de Deborah Secco também era uma manicure carioca suburbana. A diferença é que, mais do que amor, esta personagem, agora numa novela de 2003, queria mesmo era fama. Cômica, sua atuação ganhou mais graça com as famosas micro-saias jeans pregueadas, que foram parar nas vitrines das lojas de roupa.”

NFW: É um fato, o estilo Lolita entra e sai da moda ciclicamente, em 2003 ele invadiu a TV com a Darlene, em 2011 ela cresceu e transformou-se na bombshell Natalie Lamour de Insensato Coração.

3 - Os vestidos longos de Vitória, em Belíssima

3 - Os vestidos longos de Vitória, em Belíssima

“De algodão ou malha, coloridos, estampados ou bordados, os vestidos longos, geralmente de alcinha, eram a peça-chave de Vitória – e pareciam mesmo perfeitos para dar o ar de mocinha à personagem de Cláudia Abreu, que rivalizava com Bia Falcão (Fernanda Montenegro). Eles foram adotados em massa pelas brasileiras no verão 2005/2006, que vestiam a roupa com sandálias rasteiras.”

NFW: Aqui também tive que perguntar para a Inêz, porque eu não assisti Belíssima, mas lembro do povo todo de rasteirinha e vestidão. Leia a nossa entrevista com a Gogoia Sampaio, figurinista de Belíssima (entre outras novelas) aqui no blog para saber mais. Mas se a Vitória está em terceiro lugar da lista, não deveria ao menos dividir o podium com os macacões da Leona em Cobras & Lagartos de 2006?

 

2 – Os itens indianos em Caminho das Índias

2 – Os itens indianos em Caminho das Índias

“Dá-lhe kajal, delineador, lápis de olho e rímel para marcar os olhos. E haja camelô para comportar a venda de bindis (símbolo do terceiro olho), pulseiras de metal multicoloridas e brincos enormes. A culpa é da indiana Maya, vivida por Juliana Paes na trama de 2009. Batas, cores fortes e até sáris, a veste típica da Índia, entraram subitamente na moda por causa desta novela.”

NFW: Injustiça total, muito antes de Maya, a Jade de O Clone pegou geral. Era um tal de joias da Jade, cabelo da Jade, dancinha da Jade, maquiagem da Jade. Inshala, como puderam esquecê-la?

1 - A minissaia Renatinha, em Viver a Vida

1 - A minissaia Renatinha, em Viver a Vida

“Mais uma saia curta se tornou mania por causa de novela. A míni ultra-justa e de cintura alta, usada pela Renatinha de Bárbara Paz, é uma moda de passarela, lançada na década de 1990 por Hervé Léger. Ele é o criador das roupas-bandagem, feitas de faixas elásticas que modelam o corpo. Retomada em 2009, essa moda só foi parar nas ruas, mesmo, em 2010, depois que a personagem, uma modelo, legitimou seu uso.”

NFW: Bom, foi divertido até aqui, mas nem tenho palavras para descrever este primeiro lugar. Viver a Vida era uma novela tão chata que era impossível algum modismo realmente pegar e foi o que aconteceu. Nem a Renatinha conseguiu emplacar nada. Sorry

Sem categoria

About the author

Apaixonada por estilo desde criança, quando já achava que preto era a cor mais linda que existia para vestir. Formada em Arquitetura pela UFRGS e pelo Politecnico di Milano. Trazida para a moda por Romeo Gigli e Gianfranco Fenizia (Prada). E mantida na moda pela moda em si, mesmo. Atualmente editora executiva do Novela Fashion Week.
No Responses to “Os 10 modismos de novela que fizeram mais sucesso”

Leave a Reply